Retentor Eletromagnético

Reduza sua conta de energia em até 20%

O Retentor Eletromagnético é um equipamento de eficiência energética desenvolvido através de pesquisas sobre os processos físicos da espectromia e da eletrotecnia.


Seu sistema é dotado de uma Centralina com quadruplo comando para interpretação

eletrodinâmica das correntes elétricas, com a função de desviar para o aterramento as alterações decorrentes de eventos criados pela própria natureza energética, disponibilizando energia uníssona

e sem a presença de intervenientes múltiplos que, além de prejudicar equipamentos eletroeletrônicos e eletromecânicos, causam o aumento de energia elétrica.

*8% de economia Garantida em Contrato

Sua ação interfere firmemente na formação de espectros lineares, inibindo sua progressão, não permitindo a expansão da amplitude dos harmônicos da classe impar, a partir da 3a escala.


Principais benefícios do Retentor Eletromagnético:

  • Proteção de máquinas, equipamentos e lâmpadas contra avarias causadas por elevações súbitas de tensão produzidas por manobras das concessionárias ou por descargas atmosféricas;

  • Redução sensível no desarme de disjuntores, pois aterra toda e qualquer sobrecarga que possa tornar o desarme ocorrente;

  • Adequação dos harmônicos de rede a níveis não interferentes, eliminando os efeitos nocivos da DHT, eliminando aquecimento de cabos, transformadores, motores e outros equipamentos;

Vencedor do Prêmio

Acelera Startup FIESP 2015

Funcionamento:
O equipamento não tem participação no circuito elétrico, ou seja, por ele não entra ou sai energia 
como em um filtro. O retentor eletromagnético é instalado em paralelo à rede em situação passiva.

Sua função é executar a interpretação eletrodinâmica das correntes, desviando para o solo os intervenientes nocivos aos sistemas elétricos das plantas onde são instalados .


O equipamento possui quatro blocos de sistemas eletrônicos assim dispostos:
 

  • BLOCO I: - VARISTORES;

  • BLOCO II: - BANCOS DE CAPACITORES MINIATURIZADOS;

  • BLOCO III: - RESISTORES E SUPRESSORES DE SURTOS;

  • BLOCO IV - PLACA CI DE IDENTIFICAÇÃO DE FREQUÊNCIAS
    DE TRANSMISSÃO.


Funções dos blocos:
BLOCO I – Através de varistores anti-reflexivos, fazer a adequação dos harmônicos de rede a 
níveis não interferentes. Sua ação corrige as distorções presentes no tracejamento senoidal, distúrbio gerado  pelos próprios equipamentos internos.
BLOCO II – O equipamento possui dois bancos de capacitores miniaturizados, sendo o primeiro, 
com função estanque, ou seja, com admissão máxima de frequência e tensão de exatos 60 Hz a tensão nominal de 220, 380, ou 440 volts. Valores acima desses montantes por excitação eletromagnética, através do segundo banco são direcionados ao aterramento.
Como exemplo, se em determinado momento, a energia a 220, estiver sendo fornecida a 280 Volts, 
corrente de 220 passa para o consumo e a corrente excedente dos 60 volts é aterrada.
BLOCO III – Os supressores de surtos oferecem grande capacidade de absorção de corrente e baixa 
tensão residual, em tempo de resposta muito rápido, e por estar conectado a um aterramento a solo profundo, funciona como para raio de linha, não permitindo que os equipamentos sejam atingidos por descargas atmosféricas.
BLOCO IV – A placa CI é idêntica à placa de um rádio. Sua função é fazer a captação dos sinais, ruídos presentes nas linhas, enviando-os para o solo através do aterramento conectado ao Retentor Eletromagnético Somatec Blocking.

Vídeo explicativo: como funciona

Aterramento:
O aterramento é executado com materiais de sincronia absoluta, com o objetivo de absorver os distúrbios enviados pelos blocos do Retentor Eletromagnético Somatec Blocking.
É executado em sentido solo profundo, sendo resistente a quaisquer fatores extemporâneos que possam influenciar na resistência ôhmica do solo, não se sujeitando a alterações de resistência por conta desses fatores, mantendo-a sempre entre 0,5 e 2 ohms, o que permite que o equipamento sempre desvie os distúrbios para o solo de maneira eficaz.

O retentor possui 12 modelos distintos conforme tabela de utilização:

Cartilha com + informações

Instalação:

Os Retentores Eletromagnéticos são instalados em situação passiva à rede, ou seja, são xados em paralelo aos quadros de energia (não entra nem sai energia), o que signica que, caso sejam danicados, nenhum dano se estendera aos quadros. Os Retentores Eletromagnéticos são interligados nas fases R,S e T dos quadros de energia, e também há interligação com os os neutro e terra.

Patenteado junto ao INPI sob o N° PI0303829-7​

Retentor Eletromagnético Como funciona

Retentor instalado

Retentor Eletromagnético instalado

Aparelho real instalado

Clientes

Conheça alguns clientes que já instalaram o Retentor Eletromagnético:

Aplicações

Veja abaixo algumas aplicações para o Retentor Eletromagnético:

Comercial

Industrial

Prédios e Condomínios

Telecom

Locais isolados

Off-Grid

Solicite uma proposta

Obtenha o controle dos custos de energia e economize na sua fatura mensal de energia.
Faça do planeta um lugar melhor utilizando energia limpa e renovável.

Outros Produtos

Veja nossas outras soluções sustentáveis para redução de custos, consumo racional e aumento de produtividade:

Poste solar

Sistemas isolados

Off-Grid

No-Break solar

Bombeamento

de água solar

Aquecimento solar térmico

Climatização

Projetos

Sistemas fotovoltaicos